Blog

Peixe Bolha – O Peixe Mais Estranho do Mundo

O peixe-bolha (Psychrolutes marcidus) é um peixe encontrado nas águas profundas das costas da Austrália e Nova Zelândia. Este curioso animal ficou famoso na internet por causa de ser “desprovido de beleza”, sendo taxado com o peixe mais feio do mundo.

Enquanto hoje em dia o peixe-bolha tem reconhecimento suficiente para invejar outras criaturas carismáticas, os pesquisadores sabem muito pouco sobre essa espécie enigmática.

É necessário descobrir como ele passa seus dias e do que se alimenta (dúvidas comuns sobre peixes de profundidade).

Habitat e Características

Como vivem apenas em algumas áreas do mundo e em profundidades entre 600 e 1400 metros abaixo da superfície do mar, são raramente encontrados.

O seu mundo é frio, escuro e vazio. A água nessa região pressiona os peixes cerca de 100 vezes a pressão atmosférica que sentimos em terra, tornando as bexigas compressíveis que muitos peixes de superfície usam para controlar sua flutuabilidade, menos prática para essas criaturas do fundo do mar.

Imagem do peixe bolha
Imagem do peixe-bolha fora de seu habitat

Aparentemente, não possuem predarores, sendo o homem o seu maior inimigo. A maioria das espécimes conhecidas por seres humanos são mortos descartados por pescadores em busca para capturar peixes comestíveis.

O peixe-bolha têm por volta de 30 cm e não possui uma bexiga natatória (órgão interno que permite que a maioria dos peixes controle sua capacidade de flutuar na água). No entanto, com seu corpo gelatinoso, flutua ligeiramente acima do solo do oceano.

Mesmo sendo incerto, pesquisadores acreditam que eles se alimentam então de tudo o que podem achar como refeição. Com base no tamanho da boca, poderia se imaginar que eles se alimentam de invertebrados que vivem no fundo do mar.

Feio peixe-bolha
Lindo não é mesmo?

Além disso, todos os peixes-bolhas já vistos pelos pesquisadores estavam sozinhos, dificultando a análise de como se reproduzem ou com que frequência encontram outros de sua espécie.

Peixe-Bolha Conquista um Prêmio

Pesquisadores coletaram e fotografaram um exemplar “Mr. Blobby”, como o apelidaram, juntamente com muitas outras espécies marinhas durante a viagem de pesquisa NORFANZ da Austrália-Nova Zelândia em 2003.

Enquanto vasculhavam o oceano para realizar um censo de biodiversidade, a equipe capturou Blobby a uma profundidade entre 1013 a 1340 metros, em algum lugar entre a Nova Caledônia e a Nova Zelândia, segundo o Museu Australiano, onde o peixe atualmente reside como uma amostra.

Este, se assemelha a um balão inflável, sendo o “exemplar” que as pessoas associam com o nome ” peixe-bolha “.

mapa Nova Caledônia
Nova Caledônia (no retângulo azul), nas redondezas onde Mr. Blobby foi encontrado

Blobby ficou em relativa obscuridade por cerca de uma década, até que a Ugly Animal Preservation Society (Sociedade Protetora dos Animais Feios) o colocou em destaque internacional quando o peixe venceu a competição de 2013 do grupo para selecionar o animal mais feio do mundo.

Organizado pelo comediante e comunicador científico Simon Watt, a competição teve como objetivo chamar a atenção para os membros “menos atraentes” do reino animal.

Simon Watt
Simon Watt, responsável pela fama do peixe-bolha

O nosso amigo não muito bonito, foi o primeiro da lista, que incluía o macaco-narigudo, a tartaruga-nariz-de-porco, a rã-do-Titicaca e piolhos pubianos.

Simon Watt, disse esperar que o prêmio chame a atenção para as ameaças que essas criaturas estranhas enfrentam, podendo até mesmo estar sob risco de extinção.

Para se ter uma ideia da popularidade adquirida, foram criados peixes de pelúcia em sua homenagem.

Peixe bolha fora da água
Um exemplar sendo segurado fora da água

Feio, Mas Nem Tanto…

Apesar da fama obtida, o peixe-bolha é relativamente atraente quando está dentro d’água, tendo uma aparência até que normal.

Assim, o que ocorre com o pobre peixe é que como seu habit é em águas profundas, onde a pressão é maior, quando capturado e levado a superficie, onde a pressão é menor, ele sofre danos de descompressão, levando a característica feia dele.

Os pesquisadores acreditam que o animal se parece muito com isso em seu ambiente natural:

Peixe bolha dentro d' água
Peixe bolha dentro d’ água, sendo bem mais bonitinho
Desenho do peixe bolha
Ainda acha que ele merecia ganhar o prêmio de animal mais feio?
Este peixe do video não é exatamente o peixe-bolha, mas são bem parecidos

Talvez ele não seja tão feio assim, não é mesmo?

Se você gostou desse peixe, provavelmente irá se interessar pelo Tardígrado, o animal indestrutível também.

Fontes:

How Stuff Works

Livescience

Varievo

American Association for the Advancement of Science

Sobre Matheus Henrique

Técnico em consertos e manutenção de máquinas do tempo, caçador de criaturas mitológicas, cover de Sherlock Holmes e falador de bobagens nas horas vagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X